Política | Eleições 2022

Costa cita "correntes" e aponta que MDB está aberto ao diálogo

Deputado Roberto Costa disse que o partido terá a liderança da ex-governadora Roseana Sarney para encabeçar conversas sobre as eleições do próximo ano
Thiago Bastos/Editoria de Política14/10/2021
Costa cita "correntes" e aponta que MDB está aberto ao diálogoDeputado Roberto Costa ainda não tem novidades sobre a posição do MDB nas eleições do próximo ano (Roberto Costa)

O deputado estadual Roberto Costa, vice-presidente estadual do MDB, voltou a frisar a O Estado que o partido está aberto para conversar com as pré-candidaturas colocadas até o momento no cenário eleitoral visando a corrida governamental do ano que vem. A declaração também foi dada em entrevista concedida à rádio Mirante AM.

Para Costa, o fato do partido internamente apresentar, no momento, diferentes correntes ou linhas de pensamento reforça a tese de que a sigla ouvirá nomes apontados como pré-candidatos.

Dentre os nomes citados pelo parlamentar, estão as pré-candidaturas do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), do atual secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão (PT), do senador da República, Weverton Rocha (PDT) e do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD).

Segundo Costa, não há por enquanto diálogo aberto com nenhuma destas frentes. Em contrapartida, os projetos políticos buscam o apoio emedebista de diferentes formas. Recentemente, o presidente estadual do PSD, Edilázio Júnior e o deputado estadual César Pires (PV) estiveram na residência da ex-governadora para um encontro informal. No entanto, os dois - apoiadores do projeto de pré-candidatura do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior, não escondem que um apoio do MDB fortaleceria o projeto do PSD.

Ainda sobre a posição do MDB, Costa ratificou que o mesmo será feito em momento oportuno. "O partido apresenta diferentes vozes e, por isso, é necessário que o partido amplie sua visão inclusive para diálogos com outros grupos políticos", afirmou.

Ampliação

O parlamentar se referiu neste último trecho a uma possível ampliação das conversas com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB). No entanto, este caminho esbarraria em diferenças claras históricas e ideológicas entre a linha esquerdista, defendida com maior ênfase pelo governador, e a conduta centrista do MDB.

Conduta

Desde que assumiu de forma mais autônoma a conduta do MDB no segmento político, Costa sempre reforçou a ideia de que o partido deveria abrir os horizontes. Mas esse passo esbarra no que o próprio parlamentar citou, ou seja, as diferentes vozes partidárias no próprio clã do MDB.

Quanto às pré-candidaturas citadas, por enquanto, nenhuma delas se abriu de forma explícita buscando o apoio do MDB.

O objetivo do partido é ainda negociar o lastro de votos que a ex-governadora carrega, ainda que não tenha anunciado que é pré-candidata ao governo local. Mesmo sem o anúncio, Roseana aparece liderando corrida pelo Palácio dos Leões nas pesquisas de intenção de voto.

Mais

Futuro

O deputado estadual Roberto Costa afirmou ainda que o futuro político da ex-governadora Roseana Sarney está em aberto. Apesar de a ex-governadora já ter afirmado que pensa de forma mais clara em um projeto visando a Câmara dos Deputados, Roberto Costa defende a tese de que se aguarde novas pesquisas para avaliação futura. Segundo o deputado, as pesquisas apontam que o nome da ex-governadora pode ser pensado visando 2022. "Ela [Roseana] é um nome sempre lembrado, por tudo o que fez ao nosso estado", afirmou.

Ele voltou a dizer ainda que uma definição sobre o assunto deve ocorrer até o fim deste ano.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte