Cidades | Na orla

Maranhenses aproveitam o feriado com muita diversão em praias da capital

Banhistas aderiram ao banho de sol e de mar para compensar o calor resultante das altas temperaturas registradas na capital ontem
12/10/2021 às 16h06
Maranhenses aproveitam o feriado com muita diversão em praias da capitalPraias ficaram movimentadas durante o dia de feriado (Matheus Soares / O Estado)

São Luís - As praias foram os locais preferidos no feriado de Nossa Senhora Aparecida em São Luís. Apesar do grande número de pessoas ter seguido em direção aos diversos municípios maranhenses desde a sexta-feira (8), para poder aproveitar os cinco dias de folga, muita gente preferiu o lazer na orla, com banho de sol e de mar.

A movimentação de banhistas foi maior à tarde, quando as famílias aderiram à areia para, também, aproveitar o dia com as crianças. Na Praia do Calhau, apesar dos avisos de balneabilidade em alguns trechos, era possível ver banhistas curtindo as ondas e se refrescando em um dia de sol escaldante, pois a capital maranhense registrou altas temperaturas ontem, beirando os 35º.

A sensação térmica era amenizada com o vento forte. “A brisa é que compensa. E se você não passar um protetor solar, corre risco de ter uma insolação. Mas a praia é um passeio muito bom, além de ser um lazer barato e tranquilo”, disse Janaína Cantanhede, que tomava sol em um bar.

Caminhada
Enquanto uns metiam o pé na areia, outros se exercitavam com as caminhadas sobre o calçadão. O vaivém foi mais intenso ao final da tarde, quando os raios solares deram trégua e a brisa invadiu o continente. O espetáculo do pôr do sol compensou a ida à praia.

Vendedores de água de coco e água, por sua vez, chegaram cedo para tentar zerar a mercadoria. “Não é fim de semana, mas é feriado prolongado e a gente já fica naquela expectativa. Por enquanto está calmo, mas acredito que ao longo do dia vai melhorar”, disse Jânio Januário Costa, que tem ponto fixo no Calhau.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte