A gente conta... | Danielle e Adriana Vieira

Irmãs que fazem história na comunicação estratégica

Com a InterMídia Comunicação Integrada, elas constroem um legado de responsabilidade, competência e resultados, atuando como uma das melhores empresas de assessoria de comunicação do Brasil
09/10/2021
Irmãs que fazem  história na comunicação estratégicaDanielle e Adriana Vieira (Divulgação)

São Luís- Comunicação com propósito e estratégia, focada no cliente e na sociedade. Essa é a missão da InterMídia Comunicação Integrada, empresa maranhense pioneira na área de comunicação corporativa estratégica. Fundada há 26 anos, teve como sócias originais as jornalistas Adriana Vieira, Márcia Campos e Elvira Fecury. Com a saída das duas últimas, Danielle Vieira entrou na sociedade para dar continuidade ao projeto.

Focadas, responsáveis e extremamente comunicativas, as irmãs são referências no mercado e colecionam conquistas importantes, como o Prêmio Aberje, considerado o “Oscar da Comunicação”, além de cases de sucesso, participação em congressos internacionais, eventos inovadores e o que é mais importante: colecionam excelentes resultados reputacionais, gerando valor para a comunidade e seus colaboradores.

A InterMídia é a afiliada exclusiva no Maranhão da rede global de agências Weber Shandwick, junto à qual atende clientes nacionais e internacionais. Exemplo disso foi a Seja Digital, entidade criada para realizar a digitalização da TV brasileira. Uma força tarefa realizada em tempo recorde em todo o Brasil, eliminando de vez o sinal analógico das emissoras, distribuindo antenas digitais a milhares de pessoas e ensinando os maranhenses a migrarem para o novo sinal. Foi a responsável por todo o esforço de comunicação local e, ao final do contrato, o cliente havia superado a meta estabelecida, o que mostra o poder da comunicação para a mobilização social.

Outro capítulo especial na história da InterMídia e sua equipe foi o atendimento à operadora Amazônia Celular. O contrato durou dez anos, rendendo muitos eventos, metas desafiadoras, além de prêmios e clientes que se tornaram amigos das diretoras.

“Nós fizemos o evento de entrada da marca Amazônia Celular em São Luís. Reunimos formadores de opinião para literalmente apresentar a telefonia celular que chegava. Escrevemos essa história, ensinamos as pessoas a usarem primeiro os serviços de voz, depois o sms (mensagens) e, por fim, dados/internet. Além de toda a divulgação e relacionamento com stakeholders, nossa empresa também coordenava os eventos da marca, que se tornaram sinônimo de sucesso. Shows com artistas e bandas nacionais e diversas edições do Carnaval fora de época Marafolia. O evento próprio da operadora na praia, ‘Verão Ligado Amazônia Celular’, durou um mês inteiro. A empresa atuava em oito estados da área 8 e, com muito orgulho, a InterMidia era referência para as demais empresas que atendiam esse cliente. Atuamos até o último dia, quando a empresa foi vendida e acabou essa marca. O recall, no entanto, é forte até hoje”, lembra Danielle Vieira.

Portfólio

Moda, grifes de luxo, concessionárias de veículos, construtoras, indústrias, marcas de móveis e lojas de decoração, escolas e universidades. O portfólio de clientes da InterMídia é diversificado. Atualmente, atende empresas da área de saúde como o Laboratório Lacmar e o Hospital dos Servidores do Estado (HSE) e HSLZ, entidades de classe como a CDL SLZ, sociais como a APAE de São Luís, grandes empresas varejistas como Grupo Potiguar e TVN, o restaurante Villa do Vinho Bistrô, além de empresas importantes de infraestrutura como o Porto São Luís, a BRK Ambiental de saneamento básico e a distribuidora de energia elétrica Equatorial Maranhão (cliente desde o ano 2000, quando se deu a privatização). E se hoje a empresa é sinônimo de excelência em gestão, no passado foi preciso enfrentar várias crises, zelando pelo seu reposicionamento de marca e imagem em um longo processo de amadurecimento reputacional.

“Costumo dizer que só atendemos marcas e empresas nas quais acreditamos e que sejam benéficas para a sociedade. Com a Cemar foi assim. Era uma estatal que foi privatizada quando começamos o atendimento. Foi um amplo processo de mudança reputacional e construímos do zero uma estratégia de relacionamento e transparência junto à imprensa e clientes. Gerenciamos crises sérias, como a do racionamento de energia elétrica, que culminaria com o pedido de falência e concordata do acionista (a PPL). Em seguida, acompanhamos de perto um sofrido processo de intervenção federal. Somente após dois anos, foi revendida, tornando-se Equatorial Maranhão”, relembra Adriana.

Anos depois, conforme Adriana, a Equatorial passaria a ser referência para todo o setor elétrico. “É com orgulho que ajudamos a empresa em todas essas fases. Costumo dizer que divulgação de festas e badalações todos fazem, mas gerenciar crises e em setores essenciais e de infraestrutura é algo muito mais complexo, exigindo muito profissionalismo, além de foco e dedicação. Ainda hoje continuamos nesse atendimento. É o nosso cliente mais antigo e temos uma missão diária: aproximar a empresa da comunidade e da imprensa”, relembra Adriana Vieira.

Inovação

A InterMídia inovou no mercado maranhense ao conscientizar empresas e entidades sobre a necessidade de se manter uma linha direta com relacionamento próximo, ético e solidário com a imprensa e a comunidade. Era o início dos conceitos de responsabilidade social corporativa e reputação em todo o mundo. E se, no passado, a missão era sensibilizar as empresas a apostarem em comunicação profissionalizada, hoje os desafios são outros bem maiores, em um mundo de veloz transformação digital.

“Nossa missão é a gestão da reputação. Isso é muito mais amplo do que fazer divulgação. É planejamento do negócio com foco em análise de cenários e riscos. É monitoramento e relacionamento com stakeholders, escuta ativa da sociedade, seus anseios e causas. É criar ações de ESG atreladas ao propósito do negócio e, depois de tudo isso, fazer uma divulgação. Somos uma empresa cujo slogan é ‘Comunicação com Propósito’. As marcas e empresas são muito mais exigidas pela sociedade. A comunidade está atenta e os consumidores são implacáveis com aqueles que não agem ou não se comuniquem adequadamente. Não se trata de ter um perfil com milhares de seguidores em redes sociais da moda. Não é esse o nosso trabalho. A InterMídia existe para ser uma bússola para as empresas, mostrar o melhor caminho a seguir”, ressalta Adriana.

Soluções eficientes

A jornalista explica que o status da comunicação estratégica, que no mercado internacional é chamada de PR, ficou ainda maior com essa pandemia. Não se trata mais de querer ou não se comunicar. Mas de precisar ter uma empresa com soluções eficientes de comunicação, interligada ao negócio, e que saiba mitigar riscos, evitar ou gerenciar crises, pois essas virão, com certeza. A comunicação precisa sentar ao lado do CEO para orientar suas decisões, pois tudo o que a marca fizer ou falar terá repercussões e ruídos. Podendo, inclusive, chegar a ser boicotada ou definitivamente cancelada em questões de horas. Tudo depende de como ela se comunica.

Para as sócias, só há um plano de negócio: inovar sempre e se reinventar quando preciso. Trabalhar com afinco, estudar muito para se manter atualizadas e relevantes.

“Sabemos que a disrupção é a nova realidade. Tudo muda e numa velocidade imensa. O digital passou a comandar o mundo. Mas acreditamos que a reputação nunca vai mudar. É o ativo maior que todos precisam ter. É o legado que as empresas e marcas deixarão para sempre. E aqui, registramos nossa profunda gratidão ao Jornal O Estado do Maranhão, um parceiro diário da InterMidia nesses 26 anos de atuação no mercado. Sempre ético no trato da notícia e para com as empresas, O Estado vai migrar para o digital. Porém, mais importante que seu formato é a sua essência. Essa ficará para sempre. Esse legado é eterno”, finalizam Adriana e Danielle Vieira, grandes parceiras deste matutino.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte