Cidades | Fluidez no trânsito

Onda Verde vai agilizar trânsito nas principais avenidas de São Luís

Sistema de sincronização de semáforos consiste na abertura em sequência dos sinais de trânsito, permitindo maior fluidez ao tráfego
05/10/2021
Onda Verde vai agilizar trânsito nas principais avenidas de São LuísOnda Verde é controlada por técnicos, direto do Centro de Controle de Operações (CCO) da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) (Divulgação)

São Luís - O programa Onda Verde, ação para agilizar o trânsito nas principais avenidas e melhorar a mobilidade urbana em São Luís, foi lançado nesta segunda-feira (4), pela Prefeitura de São Luís. A ação está sendo executada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), inicialmente, no trecho entre o Elevado da Cohama e a Ponte do São Francisco e na Avenida Daniel de La Touche, onde, por meio do sistema inteligente, todos os semáforos serão sincronizados para abrirem ao mesmo tempo. Com isso, os condutores poderão chegar ao seu destino, em média, 30% e 50% mais rápido.

O sistema de sincronização de semáforos, conhecido como Onda Verde, consiste na abertura em sequência dos sinais de trânsito, permitindo maior fluidez ao tráfego. O objetivo é facilitar o tráfego em pontos específicos, e evitar congestionamentos ocasionados pelo fluxo intenso de veículos nas vias, permitindo que os condutores façam os percursos com mais rapidez, evitando, desta forma, retenção de trânsito.

Onda Verde
Nesta primeira etapa, a Onda Verde será iniciada na Avenida Jerônimo de Albuquerque, na altura do Elevado da Cohama, seguindo pelo trecho que se inicia no Vinhais, pela Avenida Colares Moreira, Avenida Marechal Castelo Branco até a Ponte do São Francisco e ao longo da Avenida Daniel de La Touche.

No total, serão 29 cruzamentos controlados pelo programa. Segundo os estudos realizados pela SMTT para a implantação do sistema, o ganho de tempo no trecho entre o Elevado da Cohama e a Ponte do São Francisco será de 30%. Ao longo da Avenida Daniel de La Touche será de 50%. Ainda de acordo com o órgão, a Onda Verde deve garantir que os condutores trafeguem sempre com velocidade média de 60km/h nestes trechos.

As operações serão controladas por técnicos direto do Centro de Controle de Operações (CCO) da SMTT, por meio de um servidor instalado da sede do órgão, no bairro do Ipase. Por meio deste sistema sempre que for identificado qualquer problema nos sinais, que necessite de reparo ou ajuste, este será realizado de forma imediata do próprio CCO.

O titular da SMTT, Cláudio Ribeiro, informou que a Onda Verde integra um conjunto de ações para modernizar o sistema de trânsito e transportes da capital. “Antes, para refazer a programação dos semáforos o operador tinha que ir em cada ponto e fazer a alteração de forma manual. Agora, controlamos todo o sistema de forma on-line diretamente da sede da secretaria”, explicou.

SAIBA MAIS

Melhorias no trânsito e no transporte

A implantação da Onda Verde integra um conjunto de ações que estão sendo realizadas pelo Município para melhorar a mobilidade urbana em São Luís. Entre essas ações, estão o Rapidão São Luís que conta com linhas exclusivas de ônibus interligando os terminais de integração, reduzindo o tempo de deslocamento para os usuários do transporte urbano. Também foi implantada a linha de ônibus Grande Circular, com viagens entre os terminais de integração da zona urbana da cidade.
A Prefeitura de São Luís também implantou wi-fi grátis em todos os terminais de integração para os usuários do transporte público. E, desde o início do ano, a Prefeitura de São Luís já colocou em circulação um total de 80 novos ônibus, renovando e modernizando a frota, para garantir mais conforto, acessibilidade e segurança aos passageiros do sistema urbano de transporte coletivo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte