Alternativo | Cinema

Comédia escrita pelos Astros

Protagonizado por Lilia Cabral, o longa-metragem da Guarnicê Produções, está sendo produzido por Joaquim Haickel e Elisa Tolomelli, e será rodado integralmente em São Luís
Bárbara Lauria / Equipe O Estado31/08/2021
Comédia escrita pelos Astros Lilia Cabral será a protagonista da comédia passada em São Luís (Divulgação)

São Luís – A capital maranhense se torna mais uma vez cenário das lentes do cinema, desta vez, com o longa-metragem “Arcanos”, escrito pelo maranhense Joaquim Haickel, e produzido pelo mesmo em parceria com Elisa Tolomelli, que tem em seu currículo, filmes como o premiado Central do Brasil, Cidade de Deus e Lavoura Arcaica.

Protagonizado por Lilia Cabral, a comédia conta a história de Fátima, uma taróloga charlatã, que não se preocupa em acertar suas previsões e sonhava em ser cantora, mas que após receber uma herança, precisa voltar ao Maranhão e se reconectar com seu passado. “Arcanos é uma elegia a cidade de São Luís e também faz uma homenagem para a maior cantora do Maranhão. Alcione. É que o personagem interpretado por Lilia Cabral, a taróloga Fátima, queria ser cantora, assim como Alcione, mas não conseguiu”, conta Joaquim Haickel.

As gravações do filme começam nesta quarta-feira, 01, na capital maranhense e vai contar com um elenco com nomes maranhense como Thaynara OG, Cesar Boaes e Áurea Maranhão, além das estrelas Lília Cabral, Stepan Nercessian, Cláudia di Moura, Tácito Borralho, Guilherme Piva, Sergio Malheiros, Giulia Berlolli e grande elenco.

O filme está sendo dirigido por Diego Freitas, diretor cinematográfico, roteirista e editor de filmes, séries de TV e documentários. “A Direção será do jovem, mas já bastante premiado”, ressalta o produtor.

Conheça a equipe

Joaquim Haickel

Além de roteirista, diretor e produtor de cinema, é membro do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, da Academia Maranhense de Letras e dirige o MAVAM - Museu da Memória Audiovisual do Maranhão, que entre outras coisas, reuni em torno de si um Polo de Cinema do Maranhão, formado por mais de 20 produtoras de audiovisuais.

Sua empresa, a Guarnicê Produções, já realizou mais de 100 filmes, entre curtas, médias, longa metragens e séries. Seu curta Pelo Ouvido, foi selecionado para mais de 130 festivais e foi premiado em 28 deles, inclusive como melhor filme no Festival de Cartagena de 2009. Na asa do vento, A pedra e a palavra e Celso Antônio, brasileiro, são outras de suas obras.

Elisa Tolomelli

Responsável pela produção executiva de filmes de sucesso internacional, como Central do Brasil, Cidade de Deus e Lavoura Arcaica, fundou há 30 anos, a produtora EH! Filmes, onde se consolidou como uma das principais produtoras de cinema do país.

Arcanos, protagonizado por Lilia Cabral, é o 9º longa metragem de sua empresa, que conta em seu portfólio com os filmes Maria do Caritó, Berenice Procura, Como Esquecer, Margareth Mee e a Flor da Lua, A Floresta Que Se Move entre outros.

Diego Freitas

É roteirista e diretor, apaixonado por cinema de gênero. Em 2016, dirigiu o consagrado curta-metragem de suspense Sal, selecionado para importantes festivais como Gramado e premiado em outros, como CinePE.

Em 2017 estreou em longa-metragem como diretor e roteirista do suspense psicológico O Segredo de Davi, que estreou no Festival de Cinema de Montreal, foi escolhido pelo Sesc com um dos melhores filmes de 2018,

Seu último curta A Volta para Casa, protagonizado por Lima Duarte, representou o Brasil no Festival internacional de Vancouver, Drama na Grécia e no Festival Internacional de Havana, em Cuba.

Seu filme O Novelo acaba de ganhar o prêmio de melhor filme pelo júri popular no 49* Festival de Gramado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte