PH | COLUNA SOCIAL

Pergentino Holanda

18/08/2021
A DESIGNER Cintia Klamt Motta comemorou sua nova idade num restaurante da moda em São Paulo, reunida com o marido Fernando, os filhos Cintia (e o namorado Theo) e Rodrigo (e a noiva Marcella Tranquesi. Acima, os seis reunidos e embaixo, Cintia com Marcella e Rodrigo
PH1808202102H

Babaçu
O babaçu – espécie da biodiversidade brasileira – vem perdendo espaço para o óleo de palmiste, derivado do dendê (espécie de origem africana), principalmente como insumo na fabricação de sabão e sabonete.

As quebradeiras de coco do Maranhão e Piauí, que têm nessa espécie o seu principal meio de sustento, ganharam um importante aliado no resgate da competitividade do insumo: a indústria.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) está à frente da Câmara Temática do Óleo de Babaçu, instalada pelo Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (CGen), do Ministério Meio Ambiente.

A primeira reunião do fórum está marcada para esta sexta-feira (20) e, entre os temas que serão discutidos, estão a questão das normas de acesso ao babaçu e a repartição de benefícios pelo uso da espécie.

Babaçu...2
“Esses dois produtos já absorveram mais de 90% da produção do óleo de babaçu, que vem sendo substituído ao longo dos anos pelo óleo de palmiste, que, por ser extraído da palmeira originária da costa ocidental da África não está sujeito à Lei da Biodiversidade.

A proposta da CNI é para valorizar a biodiversidade nacional, garantindo a competitividade do uso de espécies locais”, explica, Luís Fernando Renner, vice-presidente da Fiema.

A produção de óleo de babaçu caiu de 53 mil toneladas em 2010 para 22 mil toneladas em 2019 no Brasil, de acordo com dados da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema).

No mundo, a produção do óleo de palmiste passou de 5,75 milhões de toneladas para 8,9 milhões de toneladas nesse período, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Dom Bosco e medalhas
Quando se diz que um atleta medalhou significa que conquistou o que mais esperava: uma cobiçada medalha, que vem coroar todo o seu esforço e treinamento, muitas vezes de anos.

O mesmo também se aplica a alunos que disputam Olimpíadas Científicas, que para quem não sabe, reúnem os melhores alunos do país e do exterior em diversas competições das mais distintas disciplinas.

Essas competições servem também como um teste, para checar o nível de aprendizagem desses alunos ao longo de sua vida acadêmica.

Para a felicidade de professores e diretores do Colégio Dom Bosco, diversos alunos da escola, e de séries distintas, conseguiram “medalhar” naquela que é considerada a maior olimpíada científica do pais, a OBA / Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que neste ano chegou à sua 24ª edição.

Dom Bosco ...2
A OBA é voltada para todos os estudantes dos ensinos fundamental e médio, com o objetivo de democratizar os conceitos e informações sobre as ciências espaciais.

Na recente edição da OBA, como prova irrefutável do sucesso da metodologia de ensino exponencial, o Dom Bosco teve nove alunos em destaque. Foram conquistadas uma medalha de ouro pela aluna do 9º ano Roberta Salomão; sete medalhas de prata pelos alunos Ana Beatriz Ribeiro (9º ano), Joaquim Chung G. Oliveira (9º ano), Laura dos Santos Costa (7º ano), Mariana Leal Henriques (8º ano), Rebeca Elena da Silva Oliveira (9º ano), Vinícius Barbosa Haidar (8º ano) e Davi Nunes Marques (3º ano médio); além de uma medalha de bronze conquistada pelo aluno do 6º ano João Victor Queiroz de Carvalho.

E mais, quatro alunos do Colégio Dom Bosco já estão pré-selecionados para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2022: Guilherme da Silveira Botega (1º ano médio), Manoel Lucas Moreira Araújo (1º ano médio), Roberta Salomão (9º ano) e Davi Nunes Marques (3º ano médio).

Festival Ilha Bela
Para comemorar o aniversário de 409 anos da cidade de São Luís foi lançado o primeiro festival dedicado especialmente à capital maranhense. O edital do Ilha Bela Festival premiará composições musicais inéditas que tenham como tema as belezas e encantos da ‘Ilha do Amor’ em homenagem ao dia 8 de setembro.Podem participar qualquer pessoa física maior de 14 anos que mantenha residência ou domicílio no município de São Luís do Maranhão. As inscrições serão gratuitas e poderão ser realizadas de 16 a 27 de agosto de 2021.

TRIVIAL VARIADO

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou mais uma obra para potencializar o Centro Histórico da capital maranhense e assinou ordem de serviço para a recuperação da Fonte do Ribeirão.

No capítulo: com os serviços, programados para serem concluídos em 20 dias, o importante monumento será revitalizado. O anúncio foi feito durante agenda em comemoração ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico, celebrado ontem.

O aeroporto de Barreirinhas começará a receber voos nacionais a partir do ano que vem. Pelo menos foi o que anunciou o secretário de Turismo do Estado. O governo estadual reuniu empresários do setor de gestão de aeroportos para apresentar a estrutura do Terminal de Passageiros de Barreirinhas. As obras estão em estágio final.

O Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, em segundo turno, projeto de lei, de autoria do deputado Glalbert Cutrim, que cria a política de sanitização de ambientes no Maranhão, a fim de evitar a transmissão de doenças infectocontagiosas. A matéria vai à sanção.

No assunto: o projeto estabelece que o processo de sanitização deve ser realizado em locais fechados de acesso coletivo, públicos ou privados, climatizados ou não, em todos os ambientes, incluindo paredes, tetos, pisos e mobiliários.

O Ministério da Saúde informou que mais de 50 milhões de pessoas já tomaram as duas doses ou a vacina de dose única contra a Covid-19, o que representa 31,9% da população acima de 18 anos de idade com a imunização completa contra a doença.

Tem mais: de acordo com os dados da base nacional do Programa Nacional de Imunizações, 49.062.641 pessoas completaram o ciclo vacinal. Além delas, 2.089.449 também já tomaram as duas doses ou dose única.
O total, então, chega a 51.152.090 pessoas imunizadas.

Com a chegada da Covid-19, músicos e artistas precisaram ficar longe dos palcos e se adaptar com a divulgação de seu trabalho nas plataformas de streaming. Não foi
diferente para o cantor Jorge Vercillo, que diz ter gravado músicas na pandemia para “entender e tentar transformar essa realidade do nosso mercado digital”.

O artista diz que, apesar de ser democrático e próspero, o mercado digital paga muito mal e explora todos os artistas do planeta.

DE RELANCE

BTM em Fortaleza
O Brazil Travel Market 2021 espera receber pelo menos mil agentes de viagens, de forma presencial, em Fortaleza, no próximo mês de outubro. Para chegar a essa quantidade de agentes, várias caravanas estão em andamento, a maioria organizada por operadoras, associações e entidades parceiras do evento. O BTM este ano será realizado no Centro de Eventos do Ceará, nos dias 22 e 23 de outubro, com estandes nacionais e internacionais, feiras, capacitações, rodadas de negócio e programações para buyers convidados do
segmento Luxury.

Expovivências
De olho na retomada do turismo, a Expovivências nasce como a primeira feira de turismo criativo do Brasil. Tomem nota: seguindo a mesma lógica de um evento convencional, com a única diferença de ser virtual, terá três ações acontecendo simultaneamente: showroom, capacitações com oficinas e palestras, além de rodadas de negócios envolvendo iniciativas de turismo criativo e empreendedores locais em diálogo com as principais operadoras de turismo e agências de viagem do Nordeste. O evento será realizado de
24 a 26 de agosto totalmente online.

Festival Internacional
O Maranhão tem participação confirmada, mais uma vez, no Festival Internacional de Folclore do Brasil Virtual, de 21 e 22 de agosto, pelas redes sociais da Associação Brasileira de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais Populares. Os representantes maranhenses são o Bloco Os Foliões (que participará da programação oficial com seu espetáculo carnavalesco e o show Folias Juninas, em parceria com o Grupo Gamar, coordenado pelo professor Wilson Chagas) e a Raízes de Portugal (na
programação alternativa).

Festival Internacional...2
Mais premiado representante do carnaval maranhense, o Bloco Os Foliões representará o Maranhão de forma bem surtida em festivais internacionais. O grupo estará presente nos festivais de folclore virtual do Brasil (em agosto), México (em setembro), Equador, Argentina e Costa Rica (em novembro).

Nova era
Diretor da Faculdade de Negócios Faene, o empresário e consultor Ricardo André Carreira fez uma análise sobre os 18 meses de profundas mudanças na vida acadêmica, quando os estudantes aprenderam ainda mais sobre a importância do uso da tecnologia, que não existe barreiras para o conhecimento e que o conteúdo está muito mais disponível agora. O segredo, segundo ele, é agregar conteúdo e jamais abandonar os ambientes de aprendizado virtuais, ou seja, as salas virtuais e as formas e maneiras de inserir os alunos nesse contexto. O modelo de utilizar as tecnologias em prol da educação entrou em um processo irreversível, segundo o consultor.

Composição
Gusttavo Lima incluiu em seu novo DVD uma música do maranhense Michael Wesley, atualmente radicado em Fortaleza (CE). O artista entoou a canção “Eu tava lá” em sua turnê nos Estados Unidos, com recorde de público. “O Embaixador Tour USA 2021” atraiu multidões pelas cidades de Orlando, Miami, Atlanta, Newark e Boston. Na última parada, onde realizou a primeira edição do “Buteco in Boston”, no campo do Aeroporto de Fitchburg, o artista reuniu mais de 15 mil pessoas: recorde para
um cantor sertanejo nos Estados Unidos.

Produção de cachaça
O deputado César Pires solicitou apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para desenvolver e agregar valor à produção de cachaça na zona rural de Lago dos Rodrigues. Ele visitou algumas fábricas do produto no último fim de semana, acompanhado do prefeito, Valdemar da Serraria, e do vice-prefeito, Didi Moita, e ficou impressionado com o potencial produtivo do município.

Para escrever na pedra:
“Um pessimista vê uma dificuldade em cada oportunidade; um otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade”. De Winston Churchill.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte