PH | COLUNAS SOCIAIS

Pergentino Holanda

17/08/2021
APÓS UM ANO e cinco meses trabalhando remotamente por conta da pandemia, o desembargador Ricardo Duailibe retornou às atividades presenciais em seu gabinete no Tribunal de Justiça do Maranhão na última sexta-feira. A ocasião coincidiu com os 8 anos de atividade dele como magistrado, completados no dia 9. Para marcar a data, Ricardo convidou o amigo e padre Cláudio Fernandes para uma benção, que foi acompanhada pela equipe do gabinete e alguns colegas de toga como os desembargadores José de Ribamar Castro, Paulo Velten Pereira e Anildes Cruz. No sábado, o atuante e querido desembargador (na foto acima com o Repórter e amigo PH) almoçou com amigos e parentes na deslumbrante residência de Ana Clara Sarney e Bruno Duailibe, no Olho d´Água

IHGM e nova diretoria

O Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM), elegeu na última quinta-feira, dia 12, sua nova Diretoria e o Conselho Fiscal para o biênio 2021/2023.

Saiu vencedora a Chapa 1 (Antônio Lopes), encabeçada pelos membros efetivos, o historiador Euges Lima (presidente) e o pesquisador Washington Cantanhede (vice).

Após a proclamação dos resultados, o Administrador ProTempore, membro efetivo do IHGM, professor Dr. Natalino Salgado Filho, empossou os membros da chapa vitoriosa.

Esta é a terceira vez que o historiador Euges Lima é eleito para presidir o IHGM, que no dia 20 de novembro deste ano irá completar 96 anos de fundação. E a nova diretoria conta, ainda, com Jadson Gonçalves (1º. Secretário), Raimundo Costa (2º. Secretário), Josiel Ferreira (1º. Tesoureiro), Antônio Guimarães de Oliveira (2º. Tesoureiro), Clores Holanda Silva (Diretor de Patrimônio) e José Almeida (Diretor de Divulgação),

Regras eleitorais

Nos últimos 30 anos, nunca houve duas eleições consecutivas com as mesmas regras no Brasil. Nos acostumamos a mudá-las como quem muda de roupa.

Raramente essas alterações têm o real objetivo de aperfeiçoar a democracia. Em geral, são casuísticas e contemplam os interesses dos políticos e dos partidos, donos do poder.

A impunidade fica mais fácil quando não há jurisprudência consolidada e a interpretação das normas legais é difusa. O que não podia ontem, pode hoje. E vice-versa. Ou muito antes pelo contrário.

Regras eleitorais...2

Nos últimos tempos, o Brasil mergulhou em um debate necessário e relevante, sobre credibilidade do sistema eleitoral, com reflexos que chegam ao absurdo questionamento sobre a realização ou não do pleito no ano que vem.

Para que a defesa de democracia seja completa, a maior perenidade das regras que balizam as campanhas deve ser incluída na pauta, com uma pergunta: a quem interessa tanta instabilidade legal?

Certamente, não ao eleitor.

Confusão contratada

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terá de se preparar para ser ágil nas datas das eleições de 2022. Com a campanha para desacreditar as urnas eletrônicas, são consideráveis as chances do surgimento de um enorme número de vídeos que circularão pelas redes sociais com denúncias de supostas fraudes.

Mesmo admitindo-se não haver provas de irregularidades, o certo é que foi plantada a semente da dúvida em parte da população.

O TSE precisará a partir de agora ser mais didático. A segurança e os mecanismos de auditagem das urnas são temas de difícil compreensão. E terá ainda de fortalecer a defesa contra ataques hackers. Não em relação às urnas, que não são ligadas à internet, mas ao restante de seus sistemas.

Qualquer invasão, mesmo com mínimas consequências práticas, será combustível para disseminar desinformação.

Urnas para o ano de 2022

A empresa brasileira Positivo começa a entregar nos próximos meses urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de 2022. São 225 mil equipamentos, que substituirão outras máquinas mais antigas, fabricadas entre 2006 e 2008. A licitação foi finalizada em meados do ano passado. Na última semana, uma nova concorrência foi declarada “deserta”. Não surgiram propostas para um contrato que prevê a aquisição de mais 176 mil unidades

TRIVIAL VARIADO

É hoje a sessão solene de posse da advogada Anna Graziella Neiva Costa como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA). A solenidade ocorrerá por videoconferência, com transmissão ao vivo pelo canal oficial do TRE/MA no YouTube.

A Fundação Escola Superior do Ministério Público e a OAB Nacional, por intermédio da Escola Superior de Advocacia Nacional, estão oferecendo mais de 15 mil bolsas a advogados carentes, para cursos de pósgraduação lato sensu em advocacia cível. As aulas serão online. As inscrições vão entre 1º e 30 de setembro.

O governador Eduardo Leite acerta quando tenta transformar o Rio Grande do Sul em modelo para o que pretende fazer no Brasil, se for eleito presidente. Importante, porém, não confundir projeto-piloto com teste feito em cobaias.

'Mural da Memória' prestou merecida homenagem ao mestre João Chiador, na Estrada de Panaquatira. Um lindo show de toadas foi realizado, na noite da última sexta-feira, para comemorar a homenagem feita pelo projeto “Amo, Poeta e Cantador”.

A terceira via, no Brasil, corre o risco de se transformar apenas na que bate nas outras duas - Bolsonaro e Lula. Ou seja, grita para pedir silêncio.

A Fiema, em parceria com a CNI e o Sebrae, realiza hoje, às 16h, o “Diálogo Industrial Virtual” que abordará a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no setor empresarial.

Em uma ampla agenda no município de Imperatriz, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, esteve, no fim de semana, no campus do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para conhecer e ouvir as necessidades da instituição.

Uma grande confusão e até um arrastão foram registrados na noite de domingo, na Avenida Litorânea. Os casos foram registrados na área da Praia de São Marcos, onde jovens têm se reunido para resenhas na areia.

Parte da população brasileira deverá receber uma terceira dose da vacina contra a Covid19. A avaliação foi feita ontem pela Secretaria de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde.

A Paralimpíada de Tóquio transcorrerá de maneira geral sem espectadores, já que o governo deve prorrogar as medidas de emergência contra a covid-19 na Capital e em outras regiões que sediarão os jogos. As regiões ainda poderão liberar alunos para os eventos, contanto que medidas de proteção da covid-19 sejam adotadas.

Tome nota: as inscrições para a 1ª Mostra Científica da Secretaria de Estado da Saúde, que oferece oportunidade para submissão de trabalhos, encerram no dia 31 de agosto. O evento será realizado online, de 20 a 22 de outubro. No assunto: quase 100 pessoas já confirmaram participação na iniciativa de caráter técnico-científico e que se destina à divulgação de pesquisas científicas durante a pandemia da Covid-19 realizadas nas unidades e serviços da rede estadual de saúde.

DE RELANCE

Dança das cadeiras

O governador Flávio Dino deve promover novas mudanças na sua equipe ainda neste ano. Após a saída de Rubens Jr. da Secretaria de Estado da Articulação Política, a pasta deve voltar a ser fundida com a Secretaria de Estado da Comunicação. A nova secretaria ficará a cargo de Ricardo Capelli, que já comanda a Secom. Na Casa Civil, que ficará vaga com a saída de Marcelo Tavares para o Tribunal de Contas do Estado, deverá ser ocupada por Diego Galdino, atual secretário de Governo

Visita ao Arcebispo

Afonso Manoel Ferreira, ex-vereador e ex-deputado, fez uma visita de cortesia ao mais novo arcebispo da Arquidiocese de São Luís, Dom Gilberto Pastana. O encontro foi no Palácio Episcopal, na Praça Pedro II. Por intermédio de Afonso Manoel, o presidente da Associação Comercial do Maranhão, Cristiano Barroso Fernandes e o empresário Pedro Robson Costa, entregaram o convite para a solenidade dos 167 anos da ACM, que ocorrerá no próximo dia 25 de agosto. Este ano a entidade centenária fará uma homenagem à Rádio Educadora AM, ligada à igreja católica, pelos mais de 50 anos de atividades da emissora no Maranhão

Blocos tradicionais

O Bloco Os Foliões lançou a primeira série do documentário virtual Blocos Tradicionais do Maranhão, nos canais da TV Foliões no Youtube, Facebook e Instagram. A série foi produzida pela equipe de vídeos do bloco e trará a trajetória dos 20 principais blocos tradicionais de ritmo de toda a história da cultura popular maranhense. Entrevistas, fotos, vídeos, depoimentos, registros de apresentações e desfiles integram o valioso acervo, que fica para a posteridade como importante fonte de pesquisas.

Blocos tradicionais...2

A cada dois meses serão apresentados dois grupos convidados, com uma hora para cada entrevistado. Os primeiros a integrarem o projeto são os blocos Os Brasinhas e Os Feras, representados pelos seus presidentes Silvana Fontenelle e Paulo Salaia. Em seguida, será a vez dos blocos Os Originais e Os Vampiros. O projeto tem a coordenação de Claudio Mendes, William Moraes Corrêa e Renato Durans, seus idealizadores. A apresentação fica por conta de Thay Corrêa, Claudio Mendes e Juliana Pereira. Vale destacar que os blocos tradicionais do ritmo surgiram ao final da década de 1920 e são oficialmente reconhecidos como patrimônios culturais de São Luís de todo o Maranhão.

Turismo em Lençóis

O governador Flávio Dino segue investindo no fomento ao turismo na região dos Lençóis Maranhenses. Ontem, reuniu empresários do setor de gestão de aeroportos para apresentar a estrutura do Terminal de Passageiros, que está com obras em estágio final, além de lançar o Procedimento de Manifestação de Interesse, instrumento por meio do qual interessados apresentarão propostas para modelagem de concessão do aeroporto.

Feira dos Países e Artes

Comerciantes e o público em geral festejam a volta dos eventos de pequeno porte, a exemplo da Iª Feira dos Países e Artes, em andamento no São Luís Shopping até 29 de agosto. Com a realização de eventos como esse, a cidade ganha com a incrementação do turismo de negócios, movimentando hotéis, restaurantes e lojas. São mais de 40 expositores representando 15 países: Paquistão, Turquia, Japão, Dubai, Portugal, Índia, Tailândia, Senegal, Egito, Peru, Inglaterra, Marrocos, Colômbia, Tanzânia e Brasil.

Busca para jovens talentos

Depois de uma temporada olímpica direto de Tóquio na programação das noites de sexta-feira, o Globo Repórter voltou à TV Mirante. E o tema não poderia ter sido mais atual e brasileiro: a dificuldade de inserção de muitos jovens no mercado. E, para abordar esse problema, no programa da última sexta, a equipe acompanhou projetos espalhados em diferentes pontos do país que mostraram como a falta de oportunidades pode atrapalhar a formação de talentos.

Para escrever na pedra:

“A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda”. De Mario Quintana, poeta gaúcho.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte