Geral | Novinhos

Adolescentes de 14 anos serão vacinados nesta sexta (30) em postos na capital

Anúncio foi feito pela Prefeitura de São Luís, que disponibilizará oito pontos na cidade para imunização dessa faixa etária; até agora, 44% do público de 15 a 17 anos cadastrado foram vacinados contra a Covid-19 na cidade
Daniel Matos30/07/2021
Adolescentes de 14 anos serão vacinados nesta sexta (30) em postos na capitalAdolescentes no setor de triagem para cumprir procedimento necessário à vacinação contra a Covid-19 (Divulgação)

São Luís - Chegou a vez dos adolescentes de 14 anos tomarem a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em São Luís. Pessoas dessa faixa etária poderão tomar as doses em oito pontos de imunização disponibilizados pela prefeitura da capital. A vacina a ser ofertada é da Pfizer, única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicada no público de 12 a 17 anos.

A vacinação dos adolescentes de 14 anos ocorrerá das 8h às 18h, nos seguintes locais: Multicenter Sebrae (Cohafuma); Universidade Federal do Maranhão (Centro de Convenções Paulo Freire e drive-thru); Universidade Estadual do Maranhão (centro de vacinação e drive-thru); Universidade Ceuma (Campus Renascença); Shopping da Ilha (drive-thru) e no Campus Maracanã do Instituto Federal do Maranhão (IFMA).

Aplicadas em ordem decrescente de idade, as doses de vacina contra o novo coronavírus serão disponibilizadas, após findada a faixa etária de hoje, aos adolescentes de 13 anos. Porém, ainda não foi anunciada a data em que a campanha de imunização chegará a esse público.

Inclusão

Adolescentes de 12 a 17 anos de idade, com prioridade para aqueles com comorbidades, serão incluídos na campanha nacional de vacinação contra Covid-19. A imunização desse público ocorrerá assim que concluída a distribuição de vacinas suficientes para aplicar, pelo menos, a primeira dose em toda a população adulta vacinável. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na noite desta terça-feira (27).
A decisão foi pactuada em nota conjunta do Ministério da Saúde com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

“Em função da chegada de imunizantes e da eficiência na aplicação de vacinas, a nossa expectativa é vacinar toda a população maior de idade até setembro. Depois disso, vamos trabalhar com a vacinação de menores adolescentes e estudar a redução do intervalo entre doses”, explicou Queiroga.

Intervalo entre doses

Também após a distribuição da primeira dose à população adulta, será analisada a redução do intervalo entre a primeira e a segunda doses da vacina Covid-19 da Pfizer. O estudo será realizado com base em evidências científicas apresentadas nas discussões da Câmara Técnica Assessora de Imunizações.
O Ministério da Saúde reforça que o sucesso da vacinação depende da atuação conjunta entre União, estados e municípios e da observação rigorosa das definições do Programa Nacional de Imunizações (PNI) quanto aos intervalos entre as doses e demais recomendações técnicas.

Fake news

A Anvisa alerta a população sobre a disseminação de fake news, ou seja, notícias falsas, relacionadas às vacinas contra Covid-19. Essas informações estão sendo divulgadas para desencorajar as pessoas quanto ao uso das vacinas.

Os materiais (textos e vídeos) falsos são, na maioria das vezes, repassados por meio das redes sociais. Eles têm conteúdo apelativo para levar o receptor, ou seja, aquele que recebe o conteúdo, acredite no que está sendo dito ou mostrado. Dados são manipulados e realidades distorcidas a fim de criar um ambiente de desinformação e, portanto, prejudicial a todos.

É importante deixar claro que os materiais sobre mortes após o uso de vacinas contra Covid-19 são falsos e não possuem nenhum embasamento científico.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte