Cidades | Fiscalização na rodovia

PRF realiza a Operação Férias Escolares nas estradas do Maranhão

Saída de pista, capotamento, abalroamento e colisão são as ocorrências com maior número de registros nas rodovias federais que cortam o estado
Ismael Araújo / O Estado23/07/2021
PRF realiza a Operação Férias Escolares nas estradas do MaranhãoAção da Polícia Rodoviária Federal vem sendo realizada de forma fragmentada, em operações nas BRs (Matheus Soares / O Estado)

São Luís - Saída de pista, capotamento, abalroamento e colisão frontal são as ocorrências mais registradas pela Operação Férias Escolares 2021 nas estradas federais que cortam o Maranhão. A ação está sendo realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), desde o último dia 2, se estendendo até a primeira semana de agosto. Um dos focos da ação é reforçar o policiamento e a orientação do trânsito nos locais e horários de maior fluxo de veículos, para evitar acidentes graves e atos criminosos.

Segundo o assessor de comunicação da PRF, inspetor Antônio Noberto, todos os anos essa operação é deflagrada neste período, mas, neste ano está acontecendo de forma fragmentada, em várias operações. Uma delas é a Operação Duas Rodas, que tem como alvo a fiscalização das condições de trafegabilidade das motocicletas.

Noberto informou que, ao longo deste mês, a fiscalização nas vias federais vai ser realizada de forma mais intensificada. Durante a abordagem aos condutores, os policiais rodoviários federais vão exigir os dispositivos de retenção, como cinto de segurança, a cadeirinha, e vão também observar as condições dos pneus em razão da ocorrência de chuva nas estradas, farão vistoria em tacógrafos - aparelho que registra a velocidade, tempo e o percurso dos veículos.

Ele disse, ainda, que durante o mês de julho, tradicionalmente os veículos trafegam com mais ocupantes, quando as pessoas viajam com os filhos que estão de férias da escola e, consequentemente, há um aumento da circulação de veículos nas estradas. “Uma realidade observada durante este período do ano em quase todo tipo de veículo, inclusive, caminhões e carretas há vários ocupantes, então, deve haver uma exigência de maior cuidado para que não ocorra algum tipo de acidente”, frisou Noberto.

Ainda de acordo com inspetor da PRF, o condutor está ciente da maior movimentação nas vias e da potencialização em caso de sinistralidade, então, deve conduzir com mais atenção, precaução, mantendo a velocidade compatível e evitar ultrapassagem irregular. “Lembrar que o cinto de segurança não é obrigatório apenas para os ocupantes do banco dianteiro, mas, para todos os ocupantes do veículo”, alertou.

Ocorrências
Noberto informou que as rodovias federais BR-135, 316 e 010 continuam sendo aquelas onde mais ocorrem acidentes, tendo como ocorrências mais comuns, durante a operação, a saída de pista, capotamento, colisão, principalmente, frontal e abalroamento lateral. Em relação à apreensão, são veículo que foram tomados de assalto, madeira ilegal e droga.

Os policiais rodoviários federais, no último dia 20, registraram um acidente de trânsito no Km 347 da BR-316, que deixou uma pessoa ferida. Neste local, houve uma colisão traseira envolvendo dois veículos, Iveco e uma Hilux. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil. Também nesse dia, na BR-316, os policiais conseguiram recuperar uma motocicleta que tinha sido tomada de assalto no mês de fevereiro deste ano.

No dia 19, a PRF conseguiu apreender 38,60 metros cúbicos de madeira ilegal, no KM 300 da BR-010, em São Francisco do Brejão. A madeira estava em um caminhão e, de acordo com a polícia, tinha documentação inconsistência. O veículo apresentou excesso de peso. Também nesse dia foi apreendido um veículo de carga com documentação falsa.

Viagem segura
A PRF informou que são de suma importância para evitar casos de acidente de trânsito respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito.

A polícia também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Uma outra orientação ao condutor é que, antes de pegar a estrada, faça o planejamento da viagem e busque evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros na estrada. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

É importante verificar a posse dos documentos de porte obrigatório, como CRLV, CNH e / ou outros documentos determinados por lei. A PRF também alerta que durante a viagem o uso do cinto de segurança e da cadeirinha para crianças são imprescindíveis. Estes equipamentos podem fazer a diferença em caso de acidente.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte