Cidades | Coronavírus

Baixada e Grande Ilha têm elevada taxa de letalidade de Covid-19

Municípios de maiores taxas de letalidade variam de 5 % a 21,43% e, de acordo com a SES, Maranhão já apresentou mais de 190 mil casos e 4.232 óbitos
24/11/2020
Baixada e Grande Ilha têm elevada taxa de letalidade de Covid-19Letalidade da Covid-19 é elevada em municípios da Ilha de São Luís; chuvas podem agravar casos da doença (Divulgação)

São Luís - O período de pandemia da Covid-19 trouxe vários conceitos médicos para o dia a dia das pessoas e um deles é taxa de letalidade. Ela é a proporção entre o número de óbitos por uma doença e o número total de doentes que sofrem da mazela, ao longo de um determinado período, e geralmente é expressa em porcentagem. No Maranhão, algumas cidades da Baixada e da Grande Ilha apresentam elevada taxa de letalidade. Dados divulgados no último dia 22, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), mostram que já são 191.204 casos confirmados da doença em todo o estado, com um total de 4.232 óbitos.

Entre os municípios que compõem a região metropolitana, o que apresenta a maior taxa de letalidade é Paço Lumiar. De acordo com os dados da SES, já houve 722 casos confirmados do novo coronavírus naquela cidade, o registro de 83 mortes e a taxa de letalidade é 11,5%. Em seguida, São José de Ribamar, 1.441 casos, 121 óbitos e apresentando a taxa de letalidade 8,04%.

Raposa está em terceiro lugar, com 184 casos confirmados, 14 mortes e 7,61% é a taxa de letalidade. Enquanto em São Luís a taxa de letalidade é 5,08% com 25.042 casos e 1.273 pessoas faleceram em decorrência de complicações da Covid-19.

Baixada maranhense
Os dados da SES também mostram que, pelo menos, quatro cidades da Baixada Maranhense apresentam taxa de letalidade acima de 5%. Uma delas é Bequimão, com 5,11%, 235 casos confirmados de coronavírus e 12 óbitos.

O outro município é Mirinzal, com taxa de letalidade de 5,3%, com 132 casos e um total de sete óbitos. A terceira cidade é Palmeirândia, que tem uma taxa de 12,5%, com 32 casos confirmados da Covid-19 e o registro de quatro óbitos. Já, Conceição do Lago-Açu apresenta uma taxa de letalidade de 5,23% com 172 casos e nove mortes.

Outras cidades
Ainda há mais cinco municípios do interior do estado que apresentam a taxa de letalidade acima de 5%. Entre eles Barão de Grajaú, 5,26%; Bela Vista do Maranhão, 5,97%; Boa Vista do Gurupi, 21,43%; Jatobá, 5,95% e Senador La Roque, 12,5%.

Pico
Em relação ao Maranhão, segundo os dados da SES, o dia 28 do mês de junho registrou a maior quantidade até o momento de mortes pelo novo coronavírus em 24h, desde o mês de março, quando se iniciou a pandemia, um total de 39 óbitos. Entre estes casos,15 mortes ocorreram na capital maranhense, naquele dia.

Ainda de acordo com a SES, até o último dia 22, havia 191.204 casos confirmados da Covid-19 no Maranhão e um total de 4.232 óbitos. Um total de 184.250 recuperados e ainda houve o registro de 57 novos casos confirmados na Grande Ilha e 260 pessoas internadas nos hospitais públicos e privados.

O Estado entrou ontem em contato com a assessoria do governo para saber sobre os projetos de combate ao coronavírus destinados para as cidades que apresentam maior taxa de letalidade, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

SAIBA MAIS

Vítimas da Covid-19

Uma das vítimas do novo coronavírus foi o padre José Bráulio Sousa Ayres, de 66 anos. O religioso faleceu no dia 18 de maio e estava internado em um hospital particular, no bairro Bequimão. Os quatro primeiros óbitos, que ocorreram no Maranhão em decorrência da Covid-19, tiveram como vítimas, moradores da capital.

A primeira morte foi confirmada pela SES dia 29 de março. O paciente tinha 49 anos, apresentava um histórico médico de hipertensão e estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Operária.

O segundo caso foi de uma idosa, de 89 anos. Ela estava internada em um hospital de São Luís e era cardiopata, hipertensa e apresentava diagnóstico de câncer de mama. O terceiro paciente que morreu devido à infecção pelo novo coronavírus foi um idoso de 70 anos.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Carlos Macieira, localizado no Calhau, era hipertenso, obeso e diabético. A quarta morte pela doença foi de uma idosa, de 74 anos. Ela estava internada desde o dia 29 de março, no Hospital São Luís, e morreu no dia 6 de abril.


Cidades maranhenses com maiores taxa de letalidade da Covid-19

Boa Vista do Gurupi: 21,43%
Palmerândia: 12,5%
Paço do Lumiar: 11,5%
São José de Ribamar: 8,04%
Raposa: 7,61%
Bela Vista do Maranhão: 5,97%
Jatobá: 5,95%
Senador La Roque: 5,44%
Barão de Grajaú: 5,26%
Conceição de Lago-Açu: 5,23%
Bequimão: 5,11%
São Luís: 5,08%
Mirinzal: 5,3%


ENTENDA

Letalidade

A taxa de letalidade é um parâmetro usado para medir a gravidade. Ela é representada pelo percentual de pacientes com a doença que evoluem para óbito em decorrência dela. Em outras palavras, a letalidade mede a chance de uma pessoa morrer em consequência de uma intercorrência.

Mortalidade

A mortalidade refere-se à morte de indivíduos numa população e pode ser expressa como o número de indivíduos num determinado período de tempo ou como uma taxa específica, em percentagem da população total ou qualquer parte dela. A taxa de mortalidade é equivalente à "taxa de morte" da demografia humana.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte