Política | Eleições 2020

Pesquisa mostra Toinho Patioba na dianteira em Gonçalves Dias

Candidato tenta a reeleição e, segundo o Instituto Escutec, sairia vitorioso das urnas se as eleições fossem hoje, com 57% dos votos; levantamento ouviu 400 eleitores entre os dias 9 e 11 deste mês no município da Região dos Cocais
12/11/2020
Pesquisa mostra Toinho Patioba na dianteira em Gonçalves DiasPrefeito Toinho Patioba lidera em Gonçalves Dias (Divulgação)

Anova pesquisa do Instituto Escutec traz mais um cenário da disputa eleitoral em Gonçalves Dias há três dias do dia da votação. Pelos números, lidera a disputa o candidato a reeleição Toinho Patioba com 57% das intenções de votos.

O levantamento tem margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 90%. A pesquisa foi feita nos dias 9 a 11 deste mês e ouviu 400 eleitores. O registro na Justiça Eleitoral tem o número MA 00819/2020.

No cenário espontâneo mostra o atual prefeito com 54% das intenções de votos contra 35% de seu adversário, Vilson Andrade. Não sabe ou não respondeu somaram 11%.

Já na pesquisa estimulada, a diferença entre os dois candidatos é maior. Toinho da Patioba obteve 57% das intenções de votos e Vilson Andrade, 37%. Nenhum dos candidatos somou 2% e não sabe ou não respondeu, 4%.

Rejeição

A pesquisa Escutec mostra o percentual de rejeição dos candidatos a prefeito de Gonçalves Dias. Vilson Andrade aparece com 47% da opinião dos eleitores que afirmaram não votar nele de jeito algum. Toinho Patioba tem 36% de rejeição. Nenhum deles foi a opção de 7% dos entrevistados e não sabe ou não respondeu somaram 10%.

Mais

Aprovação

A gestão de Toinho Patioba foi avaliada pelos eleitores entrevistados na pesquisa Escutec. O cenário é o seguinte: 59% disseram que aprovam a administração municipal de Gonçalves Dias. Outros 37% afirmaram desaprovar. Não sabe ou não responderam somaram 4%.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

Saiba mais de Política

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte