Política | Visita

Presidente Bolsonaro exalta Exército ao fiscalizar obra na BR-135

Presidente da República cumpriu agenda oficial no Maranhão ontem em São Luís e também em Imperatriz; obras foram anunciadas para os próximo anos
30/10/2020
Presidente Bolsonaro exalta Exército ao fiscalizar obra na BR-135Presidente Jair Bolsonaro esteve em São Luís e também em Imperatriz para inauguração de obras (Reprodução)

O presidente da República, Jair Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, visitaram ontem as obras de duplicação da BR-135, no Maranhão. Equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) acompanharam a visita.

A obra para melhorar as condições de trafegabilidade na BR-135/MA, única via terrestre de entrada e saída da capital, São Luís, é uma das prioridades do governo federal.

Além da duplicação, o Dnit realiza uma série de obras de recuperação da rodovia, entre a capital do estado e a cidade de Bacabeira.

Para o presidente, obras como a da duplicação da BR-135 “são essenciais”. “Nós estamos fazendo mais com menos. Como disse o senador [Roberto Rocha], não existe uma só notícia de corrupção no nosso governo. Isso devemos, obviamente, aos meus ministros, e aos parlamentares também que trabalham em conjunto visando a um só objetivo: o bem estar do seu estado e do nosso Brasil”, destacou o presidente.

Em discurso após fiscalização no trecho, ele exaltou o trabalho dos homens do 3º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC), que conduzem a recuperação da rodovia.

“O 3º BEC está aqui trabalhando de segunda a sábado na pista, e domingo fazendo manutenção, com homens que são aqui do Maranhão e do Piauí e não medem esforços para bem cumprir a sua missão. O Exército Brasileiro não é meu, não é seu, é nosso. É o Exército do Brasil. É uma honra muito grande ser presidente da República e ter um Exército Brasileiro com esse grau de patriotismo e dedicação à Pátria”, completou.

Obras

As obras de duplicação da BR-135 estão sendo tocadas pela equipe de Engenharia de Construção do Exército e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A rodovia federal é uma das mais importantes no contexto econômico do estado e é a única via terrestre de entrada e saída da capital, São Luís.

Na quinta-feira, foi liberado o tráfego em 3,7 quilômetros de pista recuperada, entre a capital e a cidade de Bacabeira.

Os serviços de duplicação da BR-135 foram divididos em três lotes. A primeira fase, realizada entre Estiva e a cidade de Bacabeira (km 25 ao km 51,3), já foi concluída. Agora, o Dnit trabalha na restauração da pista existente, nos quilômetros finais do Lote 1 (km 25 ao km 41). O investimento é de R$ 42 milhões e a previsão é que sejam concluídos 11 quilômetros de restauração até o final do ano.

As equipes também trabalham no Lote 2 do empreendimento, localizado entre as cidades de Bacabeira e Itapecuru (Outeiro), (km 51,3 ao km 95). A duplicação está sendo feita nos primeiros 18 quilômetros deste lote, entre Bacabeira e Santa Rita. Serão investidos mais de R$ 114,4 milhões na execução dos serviços.

Já o Lote 3 da BR-135 está localizado no trecho situado entre Outeiro e Miranda do Norte, do km 95 ao km 127,3. Para dar continuidade às obras de duplicação da rodovia, o Dnit está concluindo a contratação dos estudos complementares das comunidades quilombolas que vivem na região.

Neste ano, também foram realizados serviços de recuperação emergencial entre Matões do Norte e São Mateus, do km 150,4 ao km 166,4, para a recomposição da estrutura do pavimento.

MA terá 218 novas moradias rurais

Em visita à cidade de Imperatriz, o presidente Jair Bolsonaro participou de solenidade para o anúncio da retomada da construção de 218 moradias rurais no estado e o início da elaboração do projeto do Aeroporto Regional de Balsas, no sul do estado.

As moradias rurais serão construídas em Setubinha (39 unidades), Maranhãozinho (49), São Luís (80) e Bacabal (50). Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, mais de 870 pessoas serão beneficiadas.

A elaboração do projeto do aeroporto deverá levar 15 meses e custar R$ 1,7 milhão, recursos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

A visita do presidente Jair Bolsonaro, junto com o ministro Fábio Faria (Comunicações), também serviu para a inauguração de mais um ponto de internet ilimitada no Maranhão. A iniciativa faz parte do programa Wi-Fi na Praça.

Segundo o Ministério da Comunicações, em todo o estado, foram instaladas 1.297 antenas de conexão por satélite. Nove de cada dez antenas são fixadas em escolas públicas. Também recebem o equipamento unidades de saúde e de segurança pública, aldeias indígenas e espaços comunitários de inclusão digital.

O presidente também entregou duas patrulhas agrícolas a associações de produtores rurais das cidades de Feira Nova e Balsas. l

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte