Política | Eleições 2020

Falta de parecer impediu fiscalização de convenções

De acordo com o procurador regional eleitoral, Juraci Guimarães, atos eleitorais que desobedeceram às regras sanitárias poderão ser finalizados, desde que o juiz eleitoral responsável seja suscitado
Thiago Bastos/ Da Editoria de Política30/09/2020

A falta de um parecer técnico, elaborado em conjunto entre Justiça Eleitoral e partidos políticos e chancelado pela Vigilância Sanitária, teria impedido a fiscalização do cumprimento das normas sanitárias durante as convenções partidárias. A constatação é da Procuradoria Regional Eleitoral.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte