Geral | Reconstrução

Após estragos causados por ciclone, SC receberá ajuda da União

Promessa foi feita pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que sobrevoou na manhã deste sábado boa parte das áreas atingidas pelo fenômeno climático
04/07/2020 às 15h40
Após estragos causados por ciclone, SC receberá ajuda da União Estado decretou situação de calamidade pública (Pleno News)

SANTA CATARINA (SC) - O estado de Santa Catarina, fortemente atingido após passagem de ciclone em grande parte de seu território, deve receber ajuda do Governo Federal. De acordo com informações da Agência Brasil, a promessa ocorre após o presidente Jair Bolsonaro sobrevoar, hoje pela manhã (4), áreas do território catarinense afetadas pelo ciclone bomba que atingiu a região Sul do Brasil na última terça-feira (30).

Acompanhado pela vice-governadora Daniela Reinehr, por membros da equipe de governo e por parlamentares, o presidente usou um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) para verificar, do alto, os estragos na Grande Florianópolis, umas das regiões onde o fenômeno climático causou mortes e prejuízos econômicos.

Após o sobrevoo de cerca de 40 minutos, Bolsonaro se reuniu rapidamente com as autoridades locais.

“Viemos a Santa Catarina para termos contato direto com o que realmente aconteceu com esse ciclone, trazendo desconforto e mortes para alguns dos nossos irmãos aqui de Santa Catarina. E dizer a todos que o nosso governo, em especial através do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que tem a frente aqui o Rogério Marinho, estamos à disposição, para no que for possível, minorar o sofrimento daqueles que foram atigidos”, afirmou o presidente.

O secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, que chegou ao estado na sexta-feira (3) disse que o governo dará todo o apoio solicitado pelos municípios.

“A Defesa Civil trabalha com a demanda dos municípios. É preciso fazer um rápido levantamento de danos à infraestrutura pública, [calcular] quanto vai custar a reconstrução e passar para nós para podermos liberar os recursos necessários”, explicou Alves, afirmando que o governo de Santa Catarina está “conduzindo muito bem” a prestação de auxílio humanitário às famílias afetadas pelo ciclone.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte