Política | Investimento

Governo Bolsonaro quer trazer fábrica da Tesla para o Brasil

Empreendimento colocaria país na liderança da produção de carros elétricos na América Latina
O Estado do MA20/02/2020 às 12h08
Governo Bolsonaro quer trazer fábrica da Tesla  para o BrasilTesla é líder na produção de carros elétricos no planeta (Reprodução)

A equipe do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação do Brasil confirmou que o governo brasileiro tem interesse em trazer uma fábrica da Tesla ao Brasil. O ministro Marcos Pontes comanda as negociações com a gigante do setor tecnológico. Representantes do governo brasileiro reuniram-se neste mês com Anderson Pacheco, engenheiro sênior de produção da Tesla.

A montadora é uma das mais valiosas do mundo no mercado atual e o plano consiste em trazer uma fábrica de carros elétricos para o país ao passo que o Projeto de Lei PL 4825/2019 caminhe na Câmara para beneficiar veículos e bateria feitos no país com isenção de impostos.

O PL 4825/2019 pretende isentar veículos movidos exclusivamente a eletricidade de IPI e impostos de importação até o fim de 2029. Haveria ainda incentivos para híbridos em todo o país.

Christiane Corrêa, chefe de Conselho de Assuntos Institucionais Especiais, confirmou a reunião e o interesse do governo. “A possível abertura de instalações da Tesla no Brasil está sendo discutida confidencialmente”, ressaltou.

Além de Pontes, o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC) também está à frente do projeto. Especula-se que o governo brasileiro ofereceria algumas facilidades para uma eventual fábrica da Tesla no país, como financiamentos, créditos tributários e até mesmo a criação de leis específicas para viabilizar essas operações em território nacional. Se isso se concretizasse, os carros elétricos produzidos no Brasil poderiam também ser exportados para a Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Colômbia, parte do Caribe e México.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte