Cidades | Uma viagem de ferry

Uma viagem de ferry: três décadas unindo a capital à Baixada do MA

Diariamente, empresas garantem o deslocamento, via aquática pela Baía de São Marcos, interligando os terminais da Ponta da Espera e do Cujupe; histórias e muitas curiosidades marcam serviço tradicional
Thiago Bastos / O Estado25/01/2020

“Todos a bordo!”. Quem sonha em ser comandante ou ter uma embarcação em mãos, em algum momento da carreira falará algo do gênero para sua tripulação. Este é o sinal “verde” para mais uma viagem de rotina entre os terminais da Ponta da Espera (São Luís) e do Cujupe (Alcântara). A tradicional travessia, que diminui a distância e encurta as viagens entre a capital maranhense e a baixada é utilizada de forma regular desde 1988, e ofertada por empresas, apesar das críticas, ainda representa vantagens para usuários.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte