Polícia | Operação

Líder de quadrilha que explodiu banco em Turiaçu morre em confronto

Raimundo Magno de Moraes Silva, o "Cabeça", já havia atacado outras agências no Maranhão. Em 2017, ele foi preso pela Seic com um fuzil AK 47 e outras armas
Nelson Melo21/12/2019

SÃO LUÍS - Mais um envolvido na explosão bancária recente que ocorreu na cidade de Turiaçu/MA morreu em confronto com as forças policiais. O episódio aconteceu na noite de quinta-feira, 19, por volta das 19h30, na região de Zé Doca/MA. Raimundo Magno de Moraes Silva, de 30 anos, conhecido como “Cabeça”, era o líder da quadrilha, que tem abrangência interestadual. Ele havia sido preso no ano de 2017 com várias armas de fogo, incluindo um fuzil AK 47.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte