Polícia | Homicídio

Suspeito da morte de maranhense no Piauí deve ser pronunciado a júri popular

A audiência sobre o caso aconteceu nessa segunda-feira, 16, em Teresina, capital do Piauí, onde o estudante Gabriel Brenno foi assassinado em julho deste ano
Daniel Matos18/12/2019

A juíza Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Teresina/PI, deu prazo de cinco dias para as alegações finais escritas no que diz respeito ao assassinato do estudante maranhense Gabriel Brenno Nogueira, de 21 anos, ocorrido em julho deste ano, quando ele foi baleado na capital piauiense. O suspeito do crime, o mestre de obras Deivid Ferreira de Sousa, pode ser pronunciado a júri popular. A audiência sobre o caso ocorreu na última segunda-feira, 16, no Estado do Piauí.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte