Estado Maior | COLUNA SOCIAL

Os escondidos

16/11/2019

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão em segunda instância, o tema ganhou força no Congresso Nacional e propostas para considerar legal o encarceramento antes da última instância já tramitam na Câmera dos Deputados e no Senado.
Os deputados e senadores do Maranhão - em sua maioria - ainda escondem suas posições.
De forma geral, os que escondem (até o momento) apoiam o governo de Flávio Dino no Maranhão e votam a favor do presidente Jair Bolsonaro, em Brasília.
De repente, pode ser somente coincidência a postura dos “duplos” sobre um tema tão polêmico, que tem mais peso da política do que das questões jurídicas em si.
Mas, em uma análise mais refinada dos fatos, sabe-se que é desgastante para os “duplos” ir de encontro com o que defende o aliado Flávio Dino no Maranhão, ao passo que pesa demais demonstrar isto abertamente ao preço de ferir a relação (sempre desconfiada) com o Palácio do Planalto.
De posição com martelo batido, da bancada do Maranhão estão os deputados Hildo Rocha(MDB), Pastor Gildenemyr (PL), João Marcelo de Souza (MDB) e Edilázio Júnior (PSD). O senador Roberto Rocha também já expõe o que pensa.
Resta saber como vão se posicionar os demais quando a matéria chegar (se chegar realmente) ao plenário da Câmara e do Senado para análise e votação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte