Política | Eleições 2020

Ex-prefeito Tadeu Palácio se filia ao PSL de olho nas eleições de 2020

Palácio se filiou durante encontro estadual da legenda que marcou a campanha nacional de filiação; além do ex-prefeito, cerca de mil pessoas ingressaram na sigla
Carla Lima/Editora de Política19/08/2019

O PSL do Maranhão fez, no fim de semana, encontro estadual. O evento fez parte da campanha nacional de filiação da legenda, cujo objetivo é trazer novas lideranças para o partido para que haja quadros competitivos para a disputa eleitoral de 2020. Em São Luís, o destaque entre os filiados foi o ex-prefeito da capital, Tadeu Palácio, que é visto como um possível pré-candidato a Prefeitura de São Luís pela legenda.
Desde o início da campanha nacional de filiação, o PSL do Maranhão – somente em São Luís – recebeu pedidos de filiação pela internet de cerca de mil pessoas. O encontro estadual, realizado no último sábado, foi o ponto maior da campanha para que as fichas dos novos integrantes do partido fossem abonadas.
Entre os nomes que se filiaram está o do ex-prefeito Tadeu Palácio, que no primeiro semestre, recebeu o convite para ingressar na sigla. O convite foi feito pelo presidente estadual do PSL, vereador Chico Carvalho e pelo outro vereador da legenda, Isaías Pereirinha. Na época, Palácio disse que analisaria junto a família se voltaria a cena política após derrota nas eleições de 2012.
Por ser ex-prefeito, Tadeu Palácio ao se filiar ao PSL teve seu nome atrelado como pré-candidato a prefeito da capital. No entanto, durante o encontro do partido nem ele e nem o presidente Chico Carvalho fizeram qualquer referência a esta eventual candidatura.
“Estou me filiando ao PSL por acreditar que o governo de Jair Bolsonaro pode dá certo. Torço por isto”, disse Palácio.
Sobre uma possível candidatura do ex-prefeito, Carvalho disse que ainda é cedo para se falar em candidatos a prefeito de São Luís. “Temos nomes fortes dentro do PSL que poderão sim disputar para ser candidato a prefeito da capital. Mas ainda não iniciamos este debate interno. A intenção é fazer uma grande discussão para que o PSL saia com um nome competitivo para a Prefeitura de São Luís”, disse o presidente estadual.
Apesar de não ter lançado qualquer nome para pré-candidatura em São Luís, o PSL tem filiados que já se colocaram à disposição da legenda para entrar na disputa. Os exemplos são o suplente de deputado federal, apóstolo Sílvio Antônio e o coronel José Monteiro – que hoje exerce o cargo de superintendente de Patrimônio Nacional no Maranhão.
O médico Alan Garcês, que tem cargo no Ministério da Saúde, também já colocou seu nome à disposição do partido, no entanto, Garcês não tem qualquer relação mais próxima com o PSL do Maranhão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte