Polícia | Explosão

Detento coordenou explosão de agência do BB no Calhau

Custodiado passou ordens a comparsas da Vila Conceição para o ataque à instituição financeira; o material explosivo usado na explosão foi preparado por eles na Vila Conceição
Ismael Araújo26/06/2019

SÃO LUÍS - A polícia afirmou ontem que a explosão do Banco do Brasil, no Calhau, ocorrida no último dia 3, foi coordenada de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas pelo faccionado Joel Maia Reis. Este criminoso foi preso por tráfico de droga em setembro do ano passado durante uma incursão da polícia, na Vila Conceição, área do Altos do Calhau. Há residências nessa localidade que está servindo de ponto de fabricação de artefato explosivo para ser utilizado em ações criminosas, principalmente em roubo a banco na Ilha.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte