Política | Após anúncios de manifestações

"Centrão" desiste de recriar ministérios e vai votar MP de Bolsonaro

O anúncio das lideranças do bloco estabelece a aprovação da MP 863, 866 e 870
O Estado MA21/05/2019 às 17h49
"Centrão" desiste de recriar ministérios e vai votar MP de BolsonaroDivulgação

Lideranças do chamado "centrão" (bloco informal com cerca de 200 deputados) afirmaram que devem viabilizar a aprovação da medida provisória 870, que trata da reestruturação da Esplanada dos Ministérios. O anúncio aconteceu dias após o anúncio de manifestações que, entre outras pautas, iriam cobrar a aprovação da medida provisória.

O anúncio estabelece a aprovação da MP 863, que revoga o limite de participação de capital estrangeiro em empresas aéreas, e a 866, que cria uma empresa estatal para controle do setor no lugar da Infraero. Além dela, também devem ser aprovadas a MP 870. Só que sem a criação dos ministérios das Cidades e da Integração Nacional, que haviam sido incluídos na comissão especial.

A retirada do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do Ministério da Justiça de Sérgio Moro deve ser decidida. Além da transferência da demarcação de terras indígenas do Ministério da Agricultura para a Funai e a limitação dos poderes de auditores fiscais em investigações sobre casos de corrupção.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte