Cidades | DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Falta de conhecimento mantém estagnada a doação de órgãos

Setembro Verde, mês de sensibilização para a causa, mobiliza profissionais de saúde e estudantes da área para fórum promovido por hospital em SL
IGOR LINHARES / O ESTADO26/09/2018

Entre altos e baixos, desde que o serviço de transplante de órgãos passou a ser realizado em São Luís e no Maranhão no ano de 2000, a capital e o estado sofrem os desafios de quem luta pela vida e compõe a numerosa fila para receber um órgão. Atualmente, 600 pessoas aguardam por transplante de órgãos ou tecidos no estado. No Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), 30 mil pessoas estão na lista de espera.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte