O Mundo | Isenções

Trump negocia com países possíveis isenções às tarifas de aço e alumínio

Porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse que negociações vão até esta semana ; cobrança de sobretaxa ao aço importado começa dia 23
18/03/2018 às 07h00
Trump negocia com países possíveis  isenções às tarifas de aço e alumínioDonald Trump assina medida que aumenta tarifas de importação para aço e alumínio (Reuters)

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está negociando com vários países a possibilidade de oferecer isenções para as novas tarifas dos EUA sobre as importações de aço e alumínio, disse a Casa Branca.

"Ele está trabalhando com países individualmente e negociando sobre áreas de segurança nacional em que podemos trabalhar juntos e há alguma flexibilidade", disse a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, a repórteres. "Continuamos a conversar e continuaremos até esta semana que começa", disse ela.

O presidente americano, Donald Trump, anunciou no último dia 8 a criação de novas taxas para a importação de aço e alumínio ao país. O país cobrará uma sobretaxa de 25% para o aço importado e de 10% para o alumínio. A medida vale para o aço que entrar nos EUA a partir de 23 de março.

Sobretaxa ao aço

As novas tarifas serão aplicadas a todos os países em um primeiro momento, com exceção de Canadá e México. Segundo ele, as negociações com esses países serão feitas separadamente no âmbito do Nafta ( Tratado de Livre-Comércio da América do Norte).

Durante o anúncio, Trump abriu a possibilidade de que outros países sejam excluídos da cobrança e que a medida será “muito justa”, mas ressalvou: “especialmente para aqueles países que nos tratam bem”.

Brasil tenta diálogo

O Brasil é o segundo maior exportador de aço para os EUA e as vendas para o país representam um terço das exportações brasileiras do produto

Na última quarta-feira, o presidente do Brasil, Michel Temer, afirmou nesta quarta-feira (14), na abertura do Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em São Paulo, que aposta no diálogo com os Estados Unidos para tentar retirar o Brasil da lista de países que terão de pagar uma sobretaxa ao aço importado pela indústria americana.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte