Cidades | Violência

Escola no Conjunto São Raimundo é alvo de criminosos

Denunciantes contam que já houve tiroteio dentro da escola e facções brigam na entrada
Robert W. Valporto / O Estado21/10/2017
Escola no Conjunto São Raimundo é  alvo de criminososQuadra abandonada nos fundos da escola serve para criminosos (Biné Morais / O ESTADO)

Medo e insegurança são sentimentos constantes nas vidas de professores, alunos e pais dos estudantes da UEB São Raimundo, no Conjunto São Raimundo. A violência crescente nas proximidades, e até dentro daquela escola, tem deixado todos preocupados.

Segundo alguns pais, na última terça-feira,17, um tiroteio que aconteceu dentro da escola causou pânico. Ainda segundo eles, já houve vezes em que a escola precisou suspender as atividades por vários dias por causa da violência.
Conforme alguns pais, o problema ocorre por causa de criminosos que ficam em frente à escola, normalmente à tarde, fazendo com que membros de facções inimigas vão ao local para tentar contra sua vida.

Um ponto que, segundo os denunciantes é alvo constante de criminosos, é uma quadra de esportes abandonada que fica atrás da escola. Com o muro quebrado e com vários pontos tomados por mato, o espaço tem servido de abrigo para eles.
Maria Silva, avó de uma criança que estuda naquela escola, disse que tem muito medo da situação. “A gente fica inseguro com essa situação. Temos de vir buscar nossos filhos e netos na escola para ter a certeza que poderão chegar em casa com segurança”, relatou.

Já Joana Marques, disse que vai tirar seu filho daquela escola no próximo ano. “Agora eu não posso tirar meu filho, por que senão ele vai perder o ano letivo. Mas ano que vem é certeza que ele vai ou para uma escola Vila Cascavel ou outro bairro que eu fique mais tranquila, ou menos preocupada”, concluiu.

No local, apenas o porteiro da escola recebeu O Estado. Ninguém da direção quis tratar d o caso. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou, em nota, que as superintendências de Segurança Escolar e Engenharia, da secretaria, têm atuado na UEB São Raimundo para garantir mais segurança para professores e estudantes. Frisou que tem realizado reparos no muro da escola, que tem sido alvo de vândalos, além de estar providenciando a troca dos portões da escola, tanto da parte da frente quanto de trás. A secretaria ressaltou ainda que foi providenciado o reforço da vigilância diurna e noturna e comunicou que foi feito contato com a Polícia Militar e a Guarda Municipal, que farão rondas e estarão presentes nos horários de entrada e saída dos estudantes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte