Cidades | Sem conservação

Parapeito na av. Litorânea traz risco a frequentadores

Sem manutenção, mureta está deteriorada e não oferece condições de segurança suficientes para os visitantes; turistas reclamam da situação
Thiago Bastos / O Estado do Maranhão04/10/2017
Parapeito na av. Litorânea traz risco a frequentadoresTuristas fazem foto no parapeito, bem próximo a pedaço que já desabou (De Jesus / O ESTADO)

O parapeito do mirante que dá vista para o mar na avenida Litorânea, em São Luís e situado nas proximidades da avenida Avicênia (que dá acesso ao Hotel Pestana), está deteriorado. Por causa do problema, frequentadores alegam que se sentem inseguros para admirar parte da orla já que, devido ao desgaste, a estrutura – que serve de proteção ao público - poderá ceder a qualquer momento.

O Estado esteve no local na tarde de ontem (3) e constatou que o parapeito, feito de concreto, apresenta danos em pelo menos quatro pontos. O mirante costuma ser visitado por pessoas que buscam apreciar a paisagem, sem estar cientes dos riscos de queda.

“Eu costumo vir aqui com meus amigos, mas reparamos que esta proteção apresenta problemas. Eu, pelo menos na hora de tirar fotos, não fico debruçada nele”, afirmou a funcionária pública Maria Leite.

Além de chamar a atenção de forma negativa da população local, os turistas também criticam a ausência de conservação da estrutura, que sofre com o alto índice de salinidade, já que as peças que dão sustentarão ao parapeito estão enferrujadas.

“Logo quando chegamos aqui para tirar foto, estávamos empolgados pela vista do mar, mas ficamos chateados com o aspecto feio da proteção para gente”, disse o estudante Itaílson Borges, que mora em Campinas (SP) e está visitando a cidade.

Segundo a dona de casa Maria de Fátima Alencar, que estava no mirante ontem tirando fotos, caso não sejam tomadas providências, a população estará sujeita a um acidente. “É preciso que o poder público tome providências o quanto antes. A gente se sente inseguro aqui”, disse.

Logo quando chegamos aqui para tirar foto, estávamos empolgados pela vista do mar, mas ficamos chateados com o aspecto feio da proteção para gente"Itaílson Borges, estudante que mora em Campinas (SP)

Outro lado

Em nota, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) informa que enviará equipes para levantar os problemas e tomar as providências necessárias para a manutenção do local.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte