Política | Aluguel Camarada

Governo aumentou em 24 meses contrato de locação de prédio da Clínica Eldorado

Em 2 de agosto, a Secretaria Estadual de Saúde aditivou o contrato com a clínica em mais 2 anos e com mais R$ 2 milhões
Carla Lima/Subeditora de Política16/08/2017 às 14h26
Governo aumentou em 24 meses contrato de locação de prédio da Clínica EldoradoClínica Eldorado está fechada há um ano, mas já foram pagos mais de R$ 1 milhão por aluguel (Arquivo)

O governo do Maranhão aditivou o contrato de aluguel do prédio da Clínica Eldorado no dia 2 de agosto em mais 24 meses. Com isso, a clínica está alugada a gestão estadual até 2019 e custará a mais para os cofres públicos, R$ 2,16 milhões.

O prédio foi alugado pelo governo de Flávio Dino em 2016 para abrigar o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO). O valor mensal que vinha sendo pago pelo imóvel é de R$ 90 mil.

O problema é que desde que foi firmado o contrato de aluguel, ainda não houve atendimento na unidade hospitalar. Mesmo assim, já foram pagos mais de R$ 1 milhão em aluguel e o governo já gastou mais de R$ 900 mil em reforma.

Mesmo sem nunca ter funcionado, o governo de Flávio Dino aditivou o contrato em mais 24 meses. No total, a previsão é de que os proprietários do prédio recebam mais de R$ 2 milhões pelo aditivo do contrato.

Reforma - Sobre a reforma do prédio, em nota divulgada na manhã desta quarta-feira, 16, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que a reforma do prédio será descontada no aluguel.

Entretanto, pelo contrato feito em 2016, a reforma e adaptações nos prédios devem ser feitas pelo governo sem custos para os proprietários.

É o que diz o artigo 8.2 do contrato original. “As benfeitorias úteis, desde que autorizadas, não serão indenizáveis”, diz trecho do contrato.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte