Política | Prefeitura

Ministério Público vai investigar gasto de R$ 2,2 milhões na reforma da Feira do Anil

Liderados pela ex-vereadora Rose Sales, moradores do bairro entraram com Ação Civil Pública na Promotoria de Defesa da Probidade Administrativa
Marco Aurélio D''Eça - Editor de Política28/02/2017

Associações e representantes da comunidade do Anil ingressaram, na semana que passou, com uma Ação Civil Pública na Promotoria de Probidade Administrativa contra a Secretaria Municipal de Abastecimento. O Ministério Público vai investigar de que forma foram gastos mais de R$ 2,2 milhões em uma obra de recuperação da Feira do Anil, que já dura quatro anos. O promotor Lindonjonson Gonçalves deu à Semapa 10 dias para apresentar explicações.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte