Cidades | Impasse resolvido

Após pressão, governo promete regularizar funcionários da saúde

Acordo foi firmado ontem, durante audiência realizada entre a Secretaria de Saúde e sindicatos da área e intermediada pelo Ministério Público do Trabalho
22/12/2016

Após ameaça de paralisação feita por funcionários que prestam serviço nas Unidades de Ponto Atendimento (UPAs), por falta de pagamentos e acesso a outros direitos, o Governo do Estado prometeu ontem que fará licitação para que uma empresa terceirizada absorva os 8.709 funcionários da saúde que hoje estão com vínculos precários na rede pública estadual, incluindo as UPAs. A licitação será realizada no prazo de até 60 dias, e um concurso público deve ser realizado em até três anos. O acordo foi feito em reunião realizada entre sindicatos dos funcionários da saúde do Maranhão e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e intermediada pelo Ministério Público do Trabalho.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte