Polícia | Operação no Maranhão

Operação da PF contra pornografia infantil cumpre mandado judicial no Maranhão

Mídias eletrônicas foram apreendidas em um imóvel localizado no bairro São Bernardo, em São Luís, e serão enviadas para análise para comprovar ou não a materialidade do crime
23/11/2016

O Maranhão foi alvo ontem de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) contra a pornografia infantil. A atividade foi realizada também em outros 15 estados, onde a PF também cumpriu mandados judiciais, como parte da segunda fase da operação Darknet, que visa combater uma rede de distribuição de pornografia infantil na chamada Deep Web.

No Maranhão, foi cumprido um mandado de busca e apreensão em um imóvel localizado no bairro São Bernardo, em São Luís. Sem dar maiores informações sobre o caso, a superintendência regional da PF informou apenas que foram apreendidos mídias eletrônicas, como HD’s, pen drives, CD’s e DVD’s, que serão analisados para comprovar ou não a materialidade do crime.

Atividades

A operação deflagrada ontem pela Polícia Federal cumpriu 70 mandados de busca e apreensão e de prisão em 16 estados brasileiros para combater uma rede de distribuição de pornografia infantil na chamada Deep Web. Cerca de 300 policiais federais cumpriram as ordens judiciais nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará e Amazonas.

A segunda fase da Operação Darknet investiga a participação de 67 pessoas na troca e na distribuição de fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Durante as investigações da Operação Darknet II, a Polícia Federal antecipou o cumprimento de sete ordens judiciais para evitar o possível abuso sexual de crianças (Paraná, Distrito Federal e Rio de Janeiro).

Desde a primeira fase da Operação Darknet (2014) a Polícia Federal desenvolve metodologia de investigação e ferramentas para identificar usuários da Deep Web, considerado um meio seguro de divulgação de conteúdos variados de forma anônima.

O que é Deep Web

É um espaço da internet que não é acessado pelos usuários convencionais e cujo conteúdo não aparece em sites de busca. Para chegar até ela, é necessário ter um programa que torna a navegação anônima, o que impede a identificação de quem manda e recebe dados da internet. A arquitetura desse ambiente impossibilita a identificação do ponto de acesso (IP), ocultando o real usuário que acessa a rede. Poucas polícias no mundo obtiveram êxito em investigações na Dark Web, como o FBI, a Scotland Yard e a Polícia Federal Australiana.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte