Caso Maísa

Magistrados farão ato público em repúdio à morte de Maísa

Além de se manifestar em repúdio ao assassinato da menina, em Urbano Santos, diretores da Associação dos Magistrados do Maranhão e juízes de outras comarcas se posicionarão contra a depredação de prédios públicos
29/11/2015

SÃO LUÍS - Juízes de várias comarcas maranhenses se deslocarão amanhã, para a cidade de Urbano Santos, a 270 km de São Luís, para participar de um ato público em repúdio ao assassinato da garota Maísa Moreno, de 6 anos, ocorrido domin­go passado, e contra a barbárie que resultou na depredação de vários prédios públicos, entre os quais o fórum. A mobilização es­tá sendo organizada pela Associação dos Magistrados do Mara­nhão (Amma), em parceria com o juiz titular da comarca, Samir Mohana.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte