Justiça com as próprias mãos?

Populares tentam linchar jovem acusado de roubo na Raposa

John Keller da Cruz Aguiar, de 18 anos, foi espancado, levado para o hospital e depois para a delegacia; ele estava com um revólver calibre 38
17/07/2015 às 07h39
Jovem foi levado para a Delegacia de Polícia do Cohatrac

Um jovem identificado como John Keller da Cruz Aguiar, de 18 anos, foi capturado por populares na Raposa na noite de quinta-feira (16), após ser acusado de roubo. Depois de amarrado e espancado, foi levado para o hospital e, em seguida, para a delegacia. É o 5º caso de tentativa de linchamento registrado em menos de duas semanas na Região Metropolitana de São Luís.

John Keller, morador do bairro Vila Nova, foi acusado de roubar uma vítima na Av. Principal da Raposa. Ele, que estava acompanhado de um outro homem, foi capturado por populares, enquanto o seu comparsa fugiu em uma moto. O jovem foi amarrado e espancado até que a polícia chegou ao local, por volta das 21h, o levou para o hospital e, em seguida, para a Delegacia de Polícia do Cohatrac, em São Luís. Com o jovem a polícia encontrou um revólver calibre 38 e os pertences da vítima: um cordão de ouro e um celular.

Pertences encontrados com o jovem

Outros casos de violência

Cleidenilson Pereira da Silva, de 29 anos, foi linchado no São Cristóvão em cena que chocou o país

No dia 6, Cleidenilson Pereira da Silva, de 29 anos, conhecido como Xandão, morreu depois de ser espancado pelos moradores, após uma tentativa frustrada de assalto. Ele teve as mãos, pés e o corpo amarrados por uma corda e presos em um poste de energia elétrica. Logo em seguida, ele teve as roupas arrancadas e foi agredido com chutes, socos, pedradas e até mesmo garrafadas. Durante o assalto, Xandão estava na companhia de um adolescente de 17 anos que, também, foi agredido pelos populares. Ele foi levado para o 11º Distrito Policial (11º DP) e depois para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI). Após ser ouvido, ele foi liberado.

Alisson Bruno da Costa foi espancado pela população no Maiobão e escapou por causa da chegada da polícia

No dia 8, Alisson Bruno da Costa, de 19 anos, conhecido como Xalau, abordou uma mulher identificada como Ednalva Ribeiro, de 30 anos, na Avenida 10 do Maiobão, e a forçou a parar com o intuito tomar-lhe a motocicleta. Ele tirou de forma brusca a condutora de cima do veículo e tentou levar a moto, no entanto, não conseguiu ligá-la. Ele, então, foi perseguido até próximo à praça do Viva, quando foi alcançado e agredido pelos moradores com socos e chutes. A polícia foi acionada e chegou ao local para interromper a sessão de espancamento.

Darlan Oliveira Santos, de 20 anos, também foi espancado ao tentar roubar um celular na Forquilha e foi salvo pela chegada da imprensa

No dia seguinte, dia 9, Darlan Oliveira dos Santos, de 20 anos, foi agredido na Forquilha, após tentar assaltar um coletivo. Ele foi impedido pelas pessoas, que, logo em seguida, iniciaram o espancamento. As agressões só cessaram após a chegada de uma equipe de reportagem da TV Mirante que começou a registrar o fato, inibindo os agressores.

Maicon Andrade foi algemado e espancado no Apicum

No fim da manhã desta quarta-feira (15), um grupo de pessoas conseguiu pegar um suspeito de assalto, identificado como Maicon Andrade Souza, 30 anos, e, após alguém algemá-lo, foi espancado. Cerca de trinta minutos após o espancamento, segundo a testemunha, a polícia chegou ao local e levou o assaltante para a delegacia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte