Recursos

Na UFMA, professores param as suas atividades contra cortes de recursos

Greve tem por objetivo chamar a atenção para a crise que atinge as universidades federais
11/06/2015

Em assembleia realizada na manhã de ontem, professores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) iniciaram greve na instituição. A paralisação, que tem âmbito nacional, é contra os cortes de recursos das instituições federais de ensino. A greve foi deflagrada pela Associação de Professores da Universidade Federal do Maranhão (Apruma) - Seção Sindical do Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior). Segundo a Apruma, docentes dos nove campi da universidade estão aderindo ao movimento.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte