Acampados

Lideranças quilombolas e indígenas fazem greve de fome no Incra, em São Luís

Eles querem a presença de representante da direção nacional do órgão para resolver algumas pendências relativas à titulação de suas terras no estado
11/06/2015

Líderes de comunidades quilombolas e indígenas da etnia Gamela iniciaram greve de fome ontem em São Luís para cobrar a conclusão de estudos antropológicos encomendados pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para definição de áreas quilombolas indígenas no Maranhão. Segundo eles, de 29 processos contratados, apenas um teria sido concluído. Os manifestantes estão reunidos no auditório do Incra desde segunda-feira, 8.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte