Panorama Eleitoral

natural

18/07/2002

O porta-voz da campanha presidencial do PT, o cientista político e jornalista André Singer, disse ontem, por meio de nota divulgada à imprensa, que o crescimento do candidato da Frente Trabalhista (PPS, PTB e PDT), Ciro Gomes, e a queda do tucano José Serra na pesquisa Ibope divulgada anteontem são "naturais", já que a campanha começou recentemente. De acordo com a pesquisa, Ciro passou de 18% para 22% das intenções de voto e isolou-se no segundo lugar na corrida sucessória. Serra, que perdeu 2 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, aparece com 15% da preferência

do eleitorado. Lula perdeu um ponto, mas lidera

a disputa, com 33%.

"A recente oscilação nas segunda e terceira colocações entre os candidatos que disputam a Presidência da República é mais do que natural numa campanha que começou há pouco. Apenas perto da eleição poder-se-á ver com mais nitidez o panorama eleitoral", afirma Singer na nota. O porta-voz da campanha petista reiterou ontem que a estratégia do partido "não muda em nada" com as últimas pesquisas.

"Desde o início, decidimos fazer uma campanha em que

não vamos atacar os nossos adversários. Vamos, sim,

mostrar as nossas propostas e buscar o apoio do povo brasileiro para o programa de mudanças que o Brasil precisa com urgência. Continuaremos nessa linha de diálogo e serenidade até a vitória, seja no primeiro ou no

segundo turno." Singer disse ainda que o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, não comentará o resultado

das pesquisas, sejam elas favoráveis ou não.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte